Sunday, May 3, 2009

Noites Quentes e Esplanadas

Há uns meses atrás inspirada pela vinda do Afonso para Portugal e não sei bem mais pelo quê, mandei vir uma moleskine da cidade de Lisboa daqui (não me perguntem como, mas ficou mais barato mandá-la vir de Inglaterra do que comprá-la aqui em Lisboa. Eu sei que não é muito ecológico, mas a minha situação financeira na altura justificava totalmente essa opção). A ideia era começar a fazer uma lista de locais, restaurantes, passeio, bares fixes, que fossemos descobrindo em Lisboa de forma a termos um nosso guia personalizado sempre à mão. Cinco meses depois o dito guia não tem uma única entrada, que desgraça... Preguicite aguda, falta de dinheiro para experimentar novos sítios, mas sobretudo o tempo invernal não contribuíram para a tarefa.

Mas bom, agora que chegou, mais ou menos, o Verão espero ganhar novo fôlego e começar aos poucos a anotar alguns locais. Lembrei-me que podia fazer uns posts sobre isso e que, mais importante, podia pedir-vos conselhos sobre locais onde ir.

Hoje estava uma noite espectacular (daquelas primeiras quentinhas) portanto fiquei logo com vontade de esplanada. Aqui em alvalade não há muitos restaurantes com esplanada, que eu conheça, mas também não nos apeteceia estar a pegar no carro. Fomos atrás de umas tascas que há perto da Av. do Rio de Janeiro, daquelas frequentadas à noite só por homens a ver o futebol :), e acabamos por comer numa esplanada pequenina, com cadeiras de plástico, uma picanha bastante boa em termos de qualidade e preço :). Na verdade soube muito bem.

Mas portanto, isto é uma coisa importante, a falta de restaurantes com esplanadas ou jardins em Lisboa. Triste, na verdade, tendo em conta que em países com climas muito mais frios (ver França ou Suiça) as esplanadas são muito mais frequentes. Mas bom, não me vou por aqui a reflectir sobre os motivos culturais desta ausência.

Em geral eu lembro-me sempre do PSI, que tem uma espaço fabuloso para os dias de verão. Mas infelizmente agora vivo com uma pessoa que acha que uma refeição tem que ter sempre uma porção de carne ou peixe se não não fica feliz e portanto os restaurantes vegetarianos passaram para o fim da lista.

o Restaurante Buenos Aires também tem uma esplanada cá fora que pode ser fixe, mas as Escadinhas do Duque não são necessariamente o local mais tranquilo para se jantar e se for fim de semana é um inferno lá chegar.

Não sei, acho que estou com uma branca, não me consigo lembrar de mais nenhum local (vêem porque preciso fazer um guia? É uma desgraça, tenho a certeza que já fui a imensos). Há uns ali para o lado de Carnide, não é? Tenho que ir lá um dia destes. E Alfama no Verão também tem alguns. E há vários junto ao Tejo (pizzaria - sempre cheia, Expo - não consigo ir lá à noite. Mexicano de Algés - a comida é péssima)

Bom, eu sei que normalmente não costumo fazer pedidos aos (poucos) leitores deste blog (conhecidos e desconhecidos), mas se por acaso se lembrarem de mais algum sítio fixe (daqueles semi-desconhecidos ;) deixem a referência nos comentários, pode ser que seja útil para mais alguém também.

2 comentários:

fili May 4, 2009 at 8:18 AM  

quando o vosso bolso tiver cheio-cheio, experimentem o ibo, o moçambicano by the river...

Ju May 6, 2009 at 10:50 AM  

Iremos sim. Ainda bem que te tenho a ti para não me deixares a falar aqui sozinha ;)

  © Blogger template 'Isolation' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP