Monday, October 20, 2008

estou fora do meu país, a trabalhar bastante, a namorar e a sair, a pensar nos meus, a sentir-me fora mas já um bocadinho mais dentro. um movimento contínuo, fluido que me implica toda.
mas uma questão que me acompanha desde que cá cheguei, para além de tudo o mais, que é transversal e importante, que todos os dias está lá, que de algum modo me atrofia porque me constrange e limita é as calças de cintura descaída. a merda das calças de ganga que resolvi trazer e que o meu paizinho me ofereceu numa tarde em lille, comigo histérica na loja da gap mais próxima de bruxelas. ele todo querido e eu fascinada. trouxe-as, são giras, escuras, fico fixe eu acho, muito cools. na primeira semana um calor do caraças, nem era bem uma questão, nem me lembro como foi, mas n sofri com isso, devia usar outra coisa. chegou o frescote e eu, que me tornei friorenta há uns tempos, comecei a usá-las todos, todos os dias. primeiro com chinelos, depois sandálias e há quase um mês as botas da quechua que arranjei para subir o pico do pico, o que não chegou a acontecer. na biblioteca se preciso de pôr a bateria do computer a carregar, em casa se me calço ou descalço, na rua se me baixo por qualquer motivo, seja lá onde for, o raio das calças descobrem-me, fico descobrida, I mean. uma merda sem importância nenhuma mas em que penso todos os dias, mas todos os dias. a par com a cidade no cinema, o pós-modernismo e o pós-industrialismo, o flâneur e o narrador no cinema, uma catrefada de coisas que existem muito para lá das minhas calças, ando meia obcecada com a cintura, que é como quem diz o meu umbigo. é só um desabafo.

3 comentários:

teresa October 20, 2008 at 7:08 PM  

como te compreendo. se as usava com camisolas mais curtas, quando me sentava tinha de estar sempre a verificar se não ficava aquele espacinho descoberto atrás. não dão descanso. uma pessoa pensa que tem mais em que pensar, mas não consegue parar de pensar nisso. e a vida seria tão mais bela se conseguissemos. é do caraças.

Flica October 21, 2008 at 2:13 AM  

és A melhor, caraças pá!!!

MeriRosy October 22, 2008 at 6:12 AM  

Queres mais do que a princesa de alvalade com o Rego à mostra? Eu acho que não! também me acontece!! mas aposto que ficas sexy! acho que o problema não é ver-se o rego... é a constipação que ainda apanhas à pala dessa corrente de ar!

  © Blogger template 'Isolation' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP