Tuesday, June 22, 2010

http://graphics8.nytimes.com/images/2006/04/18/arts/wyeth.artspan.jpg

Otherworld
Andrew Wyeth
2002



a bolha é como este avião, parece que nunca cheguei a sair dele. a lia diz que a gente nunca recupera mesmo da tese, não voltamos a ter o que tínhamos dantes, isto não é um discurso auto-não sei quê, que eu não estou arrependida, nem triste. ando é a olhar tudo de fora, a planar, às vezes a saltitar. naturalmente amo saltitar de autocarro em autocarro, de música em música, de convívio em convívio. ando é meia dormente. isto de estar no pós-qualquer coisa, ainda dentro da esquina mas já a sair dela, como diz o ricardo (eu gosto mesmo é de citar os meus amigos), é qualquer coisa. valha-me os maravilhosos wyeths hoppers hammershois que me relembram que na minha bolha existem mais como eu.

2 comentários:

carolina June 22, 2010 at 4:57 AM  

apetece-me citar-te ou o que citas da lia: 'não voltamos a ter o que tínhamos dantes'. é que ando a ter a mesma sensação, raios!...

Sofia Rodrigues June 29, 2010 at 4:50 PM  

e ainda bem que não se volta a ter o que tinhas antes, ou melhor, antes não tinhas tese e agora tens!
o «antes» nunca foi melhor para uma série de coisas e esta das teses não é excepção :-)

  © Blogger template 'Isolation' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP