Saturday, August 22, 2009



chegámos na quinta e ontem fomos dar um mergulho na barragem. lá a paisagem é linda, com a serra da gardunha ou da malcata, nunca sei, ao fundo. a barragem é bastante zen, é grande e a a água reflete as cores das árvores à volta. há uma ilhota engraçada e ontem eu estava a aguar por um mergulho fresquinho, tinha acabado mais um capítulo. lá fomos, água e uvas, livros e alguma ansiedade. escolhemos bem o spot, para não ficar perto de ninguém, ali onde o prazer chega da distância que se sente por dentro e do silêncio.
na ilhota uma família local acampa e ouve a renascença aos berros e tal como se ouve as águas de março - música que se deveria ouvir uma vez por dia -, ouve-se o candle in the wind ou não sei quê, mais o chato do represas, e umas outras músicas sem explicação. a água, que de longe é linda e limpa e límpida, de perto não é tanto assim. um cena esponjosa esverdeada boia na entrada, parecia que um colchão se tinha desfeito ali ou então que uma variação nojenta dos limos tinha sido criada. tudo bem, a minha irresponsabilidade e freakcalhice não me paralisam. a água estava quente e por isso mandei-me lá para dentro, é que eu estava a precisar. eu mandei-me, mas a cena esponjosa não se afastava quando eu, com a delicadeza deste meu corpo todo, mergulhava. saímos pra secar e esquecer. só que havia mosquinhas. mudámos de spot. novo mergulho, nova música na renascença, era o elton john. eu esforço-me sempre por ver o lado de bom de tudo. e cantei e dancei. mas tinha os pés dentro de água e senti umas picadinhas e quando olhei umas mini-minhocas estavam coladinhas aos meus pézinhos e eu arranquei-as com alguma força a lembrar-me da cena do stand by me, quando os rapazes saiem de um lago com sanguessugas e feita otária eu só pensava NÃO POSSO TER SANGUESSUGAS, NÃO POSSO ATRASAR A TESE. :D :D
eu ando feliz, isto custa mas eu ando feliz. a casa onde estou é linda, é um bocadinho o meu jungeiros, carolina. (mas eu sou da cidade.) daqui a uma semana chega o meu paizão, os meus manos e sobrinho e mais a teresa. até lá tenho de aproveitar este tempo dilatado que uma casa sólida e sem tv no meio de uma aldeia da beira baixa produz.
daqui a bocado vou apanhar limões.

3 comentários:

Maria João August 22, 2009 at 2:02 PM  

ai, filipinha, como te gosto miúda!
Tenho saudades do sobral, da beira baixa...

Ana Rute Cavaco August 22, 2009 at 2:19 PM  

beijinho.

carolina August 23, 2009 at 4:54 AM  

a casa é linda, sim senhora e tu também estás linda, que é o mais importante.:)

  © Blogger template 'Isolation' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP