Monday, August 16, 2010

Ontem foi o dia em que percebi as maravilhas das praias fluviais...

Eu e o Afonso estávamos definitivamente a precisar sair um pouco de Lisboa. O calor absurdo que tem estado tem tornado o nosso usual plano de passar Agosto na cidade um pouco mais complicado.


Como não tínhamos nenhum plano concreto, não queríamos gastar muito dinheiro, não queríamos ir para o meio da confusão e tínhamos um cheque pousada que que queríamos gastar, fui procurar no site deles uma pousada. Não demasiado longe, não demasiado cara e com piscina. Acabámos em Proença-a-Nova :)

Tenho que dizer que estava com um bocado de medo porque as paisagem ao lado de A23 metem medo, é um deserto de eucalipto. A zona de Proença-a-Nova no entanto é bem mais bonita, com montes e vales e muito pinheiro. A Terrinha é imensamente bem cuidada, o site da Câmara é excelente a dar informações, a pousada era simpática sem ser nada de extraordinário, a piscina era fresquinha :).

Mas a melhor parte ainda foi no dia seguinte quando fomos explorar as praias fluviais. Estávamos com medo que estivessem a abarrotar nesta altura do ano, mas não. Tinha gente, mas era suportável, e só mesmo a partir das quatro da tarde é que encheu a sério.

A praia da Aldeia Ruiva tem uma água um pouco mais desinteressante e baixa, mas um relvado excelente, óptimos equipamentos e um bar um pouco mais alternativo que parece estar aberto até tarde (tem também um campismo). A praia do Malhadal é muito lindinha, cheia de flores e com uma água excelente e funda. Não tem relva ou areia, mas vai sempre dando para nos deixarmos um pouco ao sol. Tem uma gaivota para alugar que foi a coisa mais incómoda e pouco prática que alguma vez experimentámos :). Tem também uma zona de bóias boas para crianças (e para quem não sabe nadar). Tudo imensamente bem cuidado e simpático.

E às 7:45 já estávamos em casa :)



Praia do Malhadal











Praia da Aldeia Ruiva





1 comentários:

fili August 18, 2010 at 2:27 AM  

elas são lindas e redimem o interior. epá mas não consigo deixar de sentir que são uma cena que nunca é mesmo aquilo que deveria... é que isto do mar... mas sou eu que sou parva.e que bons mergulhos dei eu esta semana no vouga!

  © Blogger template 'Isolation' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP